10 motivos que fazem o Rock and Roll ser o estilo musical mais adorado

Por Erick Silva, jornalista

O bom e velho rock’n roll já está aí, há décadas, e, a cada nova estação, é anunciada a sua morte. Então, surgem novas bandas que dão um gás no estilo, e (voilà!) o estilo passa a virar moda novamente.

Mas, se você ainda não se rendeu a um dos ritmos musicais mais longevos do mundo, listaremos aqui dez motivos pelo qual este estilo tão inspirador, criativo a cativante que é o rock’n roll seja o mais ouvido e adorado pelo mundo!!

Vamos nessa?

 

1º) O rock é uma mistura de excelentes estilos

Pra quem acha que rock’n roll é apenas “barulho”, devido ao heavy metal, repense os seus conceitos. Nos primórdios (e, digo primórdios, mesmo, tipo Chuck Berry, Little Richards, Elvis Presley…), o rock surgiu de uma mistura temperadíssima entre blues, jazz e country.

Resultado: acelerando e eletrificando esses estilos, a cultura negra se juntou à cultura branca dos EUA, numa simbiose, até então, inédita, criando um petardo que dura até os dias de hoje.

 

2º) O rock é insolente, rebelde e contestador

Os conservadores (mesmo dentro do estilo) não podem reclamar, nesse aspecto, pois só o surgimento do rock (colocando em harmonia as culturas de negros e brancos em tempos de Apartheid) já era subversivo por si.

Mas, aí veio o punk na Inglaterra (numa época de muita recessão econômica naquele país) e mostrou que, com boas doses de rebeldia, o rock poderia ir mais longe.  Bandas como MC5, The Clash, Dead Kennedys, Bad Religion não se tornaram clássicas apenas pela tremenda qualidade musical, mas, por suas posturas altamente contestadoras.

 

3º) O rock permitiu o surgimento dos mega shows

Se hoje em dia, um público aí pelo mundo vai ao delírio com grandes shows em estádios, arenas, ao ar livre, e tudo mais, agradeçam ao rock, oras! Os primeiros grandes eventos de música ao ar livre tiveram grandes atrações do estilo: Monterey Pop Festival e Woodstock.

Pertence ao Led Zeppelin a alcunha de criador do termo “rock de arena”, com mega apresentações que entraram para a história, mostrando que um show de música podia ser algo grandioso. E, o que dizer dos maravilhosos shows conceituais do Pink Floyd?

Pois, é. Se atualmente, vamos ao delírio com esses shows grandiosos que vemos por aí, o rock’n roll é o culpado.

 

4º) Existe rock para todo tipo de gente

Há quem pense que o rock’n roll só se resume a gritarias e coisas do tipo. Mas, engane-se quem tem esse preconceito, pois, a diversidade de subgêneros dentro do estilo é imensa.

Gosta de algo mais introspectivo, poético e reflexivo? Escute um Jeff Buckley, um Radiohead ou um Joy Division, por exemplo.

A sua praia é algo mais agitado, pesado e sombrio? Vá de Slayer, Pantera, Rammstein, Sepultura, e por aí vai.

No entanto, você curte mesmo letras mais intrincadas, quase narradas, num tom mais clássico? Aproveite um Bob Dylan, então.

Não importa qual a sua personalidade. Com certo, existe um tipo de rock feito só para você.

 

5º) Muitos dos seus músicos são considerados os melhores do mundo

Este motivo, por sinal, é uma constatação até óbvia, visto que o estilo surgiu a partir de outro que possui uma qualidade musical estupenda: o jazz.

Caras como Neil Peart (baterista do Rush), Cliff Burton (saudoso baixista do Metallica) e Yngwie Malmsteen (virtuoso guitarrista) são considerados verdadeiros mestres em seus respectivos instrumentos.

É certo dizer que os melhores instrumentos do rock não são melhores por acaso, e sim, por fazer por merecer.

 

6º) As capas de alguns discos de rock são verdadeiras obras de arte

Evidentemente que esse tipo de avaliação se perdeu muito com o passar dos anos, principalmente, quando o vinil deixou de ser moda (atualmente, voltou a ser moda, para cair novamente…).

Mas, ainda é inegável que algumas capas de artistas do rock’n roll são emblemáticas para a cultura pop como um todo. “Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band” (Beatles), “London Calling” (The Clash) e “Nevermind” (Nirvana) são alguns poucos exemplos.

 

7º) Rock também é consciência social

Pode parecer clichê ou brega falar assim, mas, o rock, ao lado do rap, é o estilo que melhor tem expressado os sentimentos de revolta pelo mundo.

Do Pink Floyd ao Rage Against the Machine, passando pelos brasileiros dos Titãs e do Rappa (pelo menos, enquanto Marcelo Yuka fazia parte da banda), muitas de suas letras são um grito muito bem-vindo em meio a uma sociedade apática.

 

8º) E, rock também é diversão, porque ninguém é de ferro!

E, se o negócio é só diversão descompromissada, sem muita pretensão de reflexão sobre algo, existem bandas certeiras para você, como Kiss, Motorhead, e por aí vai.

É o tipo de música para se escutar no volume 10, sem pensar muito no dia de amanhã.

 

9º) O rock foi além da esfera musical

Não é difícil comprovar que o rock’n roll se transformou num verdadeiro estilo de vida. Não só através dos adereços ou vestimentas, mas, no modo de pensar e de agir de muitas pessoas.

Foi o rock quem uniu negros e brancos norte-americanos durante o Apartheid, quem denunciou muitas injustiças pelo mundo, quem provocou o status quo da sociedade vigente e por aí vai.

Sem contar que a influência do estilo pode ser encontrada tanto na literatura, quanto no cinema, mostrando a versatilidade que o estilo imprimiu (e imprime) às gerações que viram após os anos 50 do século passado.

 

10º) O rock continua a se renovar para futuras gerações

Mesmo surgido a mais de 60 anos, o rock’n roll não “parou no tempo”. Mesmo que, a cada ano, a sua “morte” seja anunciada, novas bandas vão surgindo e cativando um público bastante jovem, que tem a chance, inclusive, de conhecer coisas mais antigas.

Artistas como Jack White, Mastodon, Lamb of God, Arctic Monkeys, Royal Blood, Greta Van Fleet e tantos outros, cada um ao seu estilo, vão conquistando fãs no mundo todo, e comprovando aquela máxima da música do Rainbow (banda do saudoso Ronnie James Dio): “Long Live Rock’n Roll”!

 

Entre estes e muitos outros motivos, é impossivel não se apaixonar pelo Rock and Roll né? Deixe o seu comentário abaixo.

CLique aqui e conheça o maior catálogo de camisetas de rock do brasil!

One thought on “10 motivos que fazem o Rock and Roll ser o estilo musical mais adorado

  1. claudio says:

    Amigo, não precisa pedir perdão pelo “palavrão” porque palavrão é uma palavra de muitas letras em sua composição e fóda é apenas a junção de 4 delas.
    Cara…… lho falo o seguinte: Os que dizem que o nosso som vai morrer é porque já está morto ou é apenas um sertanojo ou pabosdeiro que não sabe o significado da palavra fender.
    Qualquer roquerman sabe tocar um bumbo (pagode) ou viola (som rural), mas lhe afirmo, se dermos uma guitarra stratos ou gibson na mão de um deles, ele não saberá nem ligar tal preciosidade.
    No mais, respeitemos a opinião deles, porque aos mortos de deve respeito.

    Eu….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *