Coisas que todo headbanger provavelmente já fez

Ser fã de heavy metal é padecer no paraíso (ou no inferno). Não é nem um pouco fácil gostar de bandas que na maioria das vezes são gringas e raramente aparecem para tocar na sua cidade. Da mesma maneira que gastar altas cifras para comprar um simples CD está longe de ser uma tarefa das mais simples.

Resumindo, independente do estilo que se goste, existe um grande número de coisas e perrengues que os fãs de metal e rock and roll já passaram. Confira abaixo 10 coisas que todo (a) headbanger provavelmente já fez:

1 – Estragar o clima de festas familiares: é sempre um prazer colocar um Napalm Death pra tocar no jantar, ou chegar para a festa de Natal com uma camiseta do Cannibal Corpse, de preferência, alguma que retrate os primeiros discos da banda.

2 – Dar um bolo em algum compromisso para ir em algum show: Quem nunca inventou uma desculpa para trocar o happy hour da empresa ou aquela reunião importante e ao invés disso ir para algum show ou evento não sabe o que é ser feliz e viver perigosamente.

3 – Você um dia já foi radical, assuma: Faz parte do pacote no início da caminhada headbanger ser radical. Acontece que alguns continuam depois de marmanjos.

4 – A batalha de conhecimentos: Um dos prazeres de quem é rockeirão reside no seu pseudo-conhecimento de bandas. Afinal de contas, o mundo precisa saber com qual perna o James Hetfield chuta mais forte e qual tênis o Dave Mustaine usou pra chutar a bunda dos antigos integrantes. Assuma, você já esteve presente em uma batalha de conhecimentos para provar que sabia mais que alguém sobre determinada banda, estilo ou movimento.

5 – Perder um show porque bebeu demais: Shows são celebrações que merecem ser comemoradas. O problema é quando as comemorações começam cedo demais e te deixem embriagado antes do show começar. Se você nunca fez isso, certamente conhece alguém que fez.

6 – Usar camiseta de banda na escola para impressionar os demais: Não basta ser a encarnação do Satanás para as senhorinhas da Paróquia, é necessário comprar alguma camiseta do “Tomb of the Mutilated” para chocar a opinião pública na escola. No fundo, ninguém liga, mas só o fato de chegar na sala de aula sendo comparado ao filho do Satan infla o ego do banger juvenil.

7 – Chorar escondido ouvindo alguma balada romântica: Na maioria das vezes, a causa das lágrimas é alguma desilusão amorosa. Para não ter erro, ouça “Love Hurts”, do Nazareth.

8 – Usar uma camiseta de banda como uniforme: Seja para ir na padaria, seja para ir no cinema ou no jogo do time do bairro, é um grande prazer ser reconhecido como “a pessoa que só usa a camiseta de Heavy Metal”.

9 – Priorizar a compra de itens ligados ao Heavy Metal: O início da carreira headbanger nos faz encarar o estilo como uma religião. Um dos conceitos fundamentais da crença é colocar como prioridade a compra de material ligado ao heavy metal. Esqueça coisas secundárias como alimentação e higiene, o negócio é bater cabeça.

10 – Ouvir alguma coisa que não seja metal, de preferência escondido: “Eu só ouço metal!!!”. Mentira, todo mundo sabe que você tem uma quedinha por “Raça Negra”. Assume, vai?

E aí, se identificou? Coloca nos comentários…

One thought on “Coisas que todo headbanger provavelmente já fez

  1. Wagner Hansen says:

    Minhas peitas nunca foram tão chocantes, pois sempre fui bem tranquilo quanto ao que ouvia.
    Mas, Raça Negra é ir muito longe na sandice! Algumas coisas de MPB, como Lenine, Elis Regina, ainda vai. Porém, pagode e sertanojo, é mais escroto que Grindcore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *